O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização que surgiu na década de 90, com foco no controle do Câncer de mama. Desde então, são divulgadas informações que revelam a importância do autoexame como ferramenta na detecção da doença na fase inicial e como estratégia de prevenção.

O Câncer de mama é uma doença que geralmente causa temor nas mulheres, e traz consequências físicas, sociais e psicológicas. Assim, a descoberta desta doença é vivenciada pela paciente e por seus familiares de forma dolorosa.

O acompanhamento psicológico é um fator essencial, que deve ser iniciado logo após o diagnóstico, atrelado com a conduta orientada pelo médico oncologista. Neste tratamento, o psicólogo realizará uma avaliação individual na qual ele pode organizar uma rotina de atendimentos que poderão ser apenas com o paciente ou em conjunto com familiares. O psicólogo fará esta avaliação e a tomada de decisão será com base no estado emocional e nas demandas do paciente.

Deste modo, salienta-se a importância de uma rede de apoio social e emocional, pois estes, são fatores essenciais de proteção e de recuperação da saúde mental, fundamental para a pessoa que recebe esse tipo de diagnóstico. Com uma rede de apoio, a pessoa se sente mais fortalecida para enfrentar as diferentes etapas do tratamento auxiliando para que o enfrentamento da doença não seja tão doloroso. Ademais, uma rede de apoio pode proporcionar efeitos positivos sobre o sistema imunológico, aumentar a autoconfiança e auxiliar no enfrentamento de adversidades.

 

Postagens Recentes

Deixe um Comentário